Pronunciamento de Sérgio Moro

Devido à troca do comando da PF, Sérgio Moro falou hoje, 24 de abril, em rede nacional. Em um pronunciamento extenso, cansativo e demagógico, o ex-juiz confirmou sua demissão. Fez uma série de afirmações que, postas no contexto de sua biografia, não passam de delirantes. Os 35 minutos de fala foram mais uma disputa, contraContinuar lendo “Pronunciamento de Sérgio Moro”

Mais ciência, menos política barata

Jair Bolsonaro fez um pronunciamento no dia 08 de abril que tinha dois principais objetivos: vender sua imagem como uma espécie de Galileu da cloroquina e culpar de antemão a futura crise econômica nos governadores. Qualquer um que afirme que é uma estratégia moralmente dúbia deve estar preparado para ser acusado de eufemismo. Mas nãoContinuar lendo “Mais ciência, menos política barata”

Impeachment de Bolsonaro: realidade?

O ano de 2019 serviu como demonstração da incompetência política do poder executivo brasileiro. A seu favor o Presidente tinha a segunda maior bancada no Congresso; uma oposição muda; e a reforma da previdência crida como necessária por todas as camadas influentes da sociedade. Assim era, porém Bolsonaro conseguiu perder o apoio de sua própriaContinuar lendo “Impeachment de Bolsonaro: realidade?”

Em favor da representatividade

Toda a história da humanidade parece sugerir que a Arte é algo importante para o Homem; estamos, bem ou mal, a influenciar e ser influenciados o tempo todo por ela. Sem Madame Bovary, talvez Machado de Assis nunca viesse a ser quem foi. Nós, então, já não seríamos quem somos, nem o Brasil o queContinuar lendo “Em favor da representatividade”

Mais uma fala covarde de Sérgio Moro

Neste sábado, 29 de fevereiro, o Ministro da Justiça afirmou que a paralisação dos policiais militares do Ceará é ilegal. Bom! Ao ler apenas esse trecho da fala de Moro, pensei que ele havia, finalmente, criado vergonha na cara para se mostrar contra a greve. Infelizmente, ele cotinua:  “…claro que o policial não pode serContinuar lendo “Mais uma fala covarde de Sérgio Moro”