Drummond de Andrade

O escritor nasceu em Itabira, estudou em um colégio de jesuítas, de onde foi expulso por “insubordinação mental”. Aos 26 anos publicou “No meio do Caminho”, o poema causou bastante polêmica. De um lado, os modernistas o reconheceram pela estética ousada e transgressora, do outro, a opinião pública via o poema como um desrespeito à “boa literatura” do passado. Dentre os temas abordados pelo poeta, os mais comuns envolvem a reflexão sobre o que é o ser humano, o que significa fazer parte da humanidade e como combater as injustiças sociais.

A primeira fase de sua poesia é comumente chamada de fase gauche. Ela representa um Drummond em conflito. É marcada por um profundo pessimismo, que leva o eu lírico ao isolamento. Apesar da consciência da precariedade do isolacionismo, ele não vê maneira de ultrapassar essa condição, também não consegue ver no mundo um lugar para si, devido a isso, há uma dificuldade de se comunicar com o leitor por meio da poesia, uma das marcas dessa fase.

Na segunda fase, Drummond se vê diante da ditadura Vargas, por isso decide fazer uma poesia de engajamento político. Rejeita a incomunicabilidade e o isolamento. As abordagens variam entre críticas sutis e explícitas.

Em sua terceira fase, a poesia do poeta é marcada pela decepção dos efeitos de sua empreitada social. Drummond volta ao pessimismo irônico e a incomunicabilidade com ainda mais força. Em sua poesia pessimista, fala de temas filosóficos, metafísicos, niilistas, com uma forma clássica. Já do outro lado, tem uma forma experimental e jocosa, com influência do concretismo.

A quarta fase é uma que aborda temas já antes tratados, como o sentido da própria poesia, fala de temas sociais e também relembra a fase gauche, mostrando-se ciente de sua história poética. Relembra da própria infância, de Itabira, das experiências profissionais. É uma fase memorial de sua própria vida.

Após sua morte, poemas jamais publicados vem a público, é uma poesia diferente, que aborda temas eróticos de maneira elegante e explícita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: